Você sabe o que é um flexitarian?

Esse termo ainda é pouco conhecido, mas esse tipo de dieta é uma ótima opção para quem pretende reduzir o consumo de carne da alimentação

 

O termo flexitarian pode soar estranho, mas seu nome é definido como dieta flexível ou semi vegetariana. Essa opção é indicada para as pessoas adeptas a uma alimentação à base de vegetais, frutas, legumes, cereais, ovos, leite e, ocasionalmente, carne ou peixe.

 

A cada dia, essa dieta está ganhando mais popularidade e isso se deve, principalmente, por conta de sua flexibilidade em relação aos alimentos que podem ser consumidos e por ser considerada uma dieta de transição.

 

E só para ficar ainda mais claro do que trata essa dieta, é importante ressaltar o estudo publicado no jornal Frontiers in Nutrition. Segundo essa fonte, os flexitarianos veem a carne como uma fonte importante de proteínas, no entanto, também levam em consideração a ética e o bem-estar do animal.

 

Outro ponto importante são todos os benefícios que a flexitarian pode promover para a saúde. E entre todos as vantagens, algumas das principais são:

 

  • Perda de peso;
  • Prevenção de diabetes;
  • Redução da pressão arterial.

 

Um estudo feito com 2.351 homens e 8.653 mulheres, entre consumidores de carne, peixe, vegetarianos e veganos, mostrou que aqueles que não consumiam carne apresentaram menor prevalência de pressão alta quando comparados aos que ingeriam carne. Essa diferença se deu, principalmente, pelo índice de massa corporal, o conhecido IMC.

 

E se você ficou interessado e quer começar essa dieta, é importante procurar um nutricionista e lembre-se que a flexitarian é indicada para pessoas que buscam reduzir o consumo de alimentos de origem animal, substituindo-os por fontes vegetais que apresentam adequado teor de proteínas, fibras e minerais, como feijões, lentilha e ervilha.

 

Vale lembrar que independentemente das escolhas alimentares, é muito importante que a alimentação seja equilibrada em todos os nutrientes, como carboidratos, proteínas, gorduras, fibras, vitaminas e minerais.

 

Referências:

Derbyshire EJ. Flexitarian Diets and Health: A Review of the Evidence-Based Literature. Frontiers in Nutrition, 2016.

 

Paul N Appleby, Gwyneth K Davey and Timothy J Key. Hypertension and blood pressure among meat eaters, fish eaters, vegetarians and vegans in EPIC–Oxford