Quais os benefícios e a importância da atividade física na terceira idade?

Manter o corpo ativo nessa fase da vida contribui para a prevenção de doenças e melhoria na qualidade de vida   De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a porcentagem de idosos, pessoas com 60 anos ou mais, na população passou de 9,8% para 14,3%, entre 2005 e 2015. Esse número cresce cada vez mais por conta da redução na taxa de nascimento de bebês e aumento da expectativa de vida.   Com o passar dos anos, a tendência é que as pessoas fiquem menos ativas, fato que está associado com outros hábitos de vida, favorecendo o aparecimento de algumas doenças, como pressão alta, diabetes, doenças do coração e Alzheimer. Assim, a prática de atividade física é importante para promover a saúde nesta fase da vida, pois oferece diversos benefícios, como:  
  • Melhora da autoestima;
  • Ajuda no controle de açúcar no sangue e prevenção de diabetes;
  • Redução do estresse e da ansiedade;
  • Aumento da massa muscular;
  • Redução do sedentarismo;
  • Melhora da coordenação e equilíbrio;
  • Redução ou manutenção do peso;
  • Maior sociabilidade.
  Os exercícios físicos mais indicados na terceira idade são aqueles que auxiliam na melhoria da força muscular, flexibilidade e respiração, devendo ser feitos, pelo menos, duas vezes por semana. Caminhada, natação, hidroginástica, musculação, danças e tai chi chuan são excelentes opções para os idosos.   É importante lembrar que a prática de atividade física na terceira idade precisa respeitar as limitações comuns dessa fase da vida. Portanto, deve ser acompanhada por um profissional capacitado para atender os objetivos de cada um, além de ajudar na promoção e na reabilitação da saúde na terceira idade.         Referências:   Brasil. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira. Rio de Janeiro, IBGE, 2016.   Argento, RSV. Benefícios da atividade física na saúde e qualidade de vida do idoso. Campinas, SP: [s.n], 2010.