Sabe - Dicas para encarar o processo de emagrecimento

Dicas para encarar o processo de emagrecimento

Atualmente um dos temas mais abordados na TV, nas redes sociais e até mesmo no dia a dia é sobre o peso, não é verdade? Ambientes como academias, clínicas de estéticas, estão cada vez mais cheios de pessoas e um dos objetivos em comum é o emagrecimento. Confira dicas abaixo sobre este tema:

  • O primeiro passo, extremamente importante é consultar um médico e nutricionista para avaliação médica e nutricional por meio de exames e avaliação clínica. Após diagnóstico, o profissional irá conduzir à melhor estratégia para o processo de emagrecimento.

  • Consulte também um profissional de educação física, ele pode ajudar a montar um treino/rotina de exercícios de acordo com a capacidade física, o objetivo e a necessidade.

  • Após diagnóstico destes profissionais é muito importante entender se a perda de peso é necessária e irá melhorar alguns padrões de saúde. E, mesmo que seja pela questão estética, o profissional da saúde é fundamental para esta ajuda.

  • De fato o sobrepeso pode estar relacionado ao desenvolvimento de doenças crônicas, como as do coração. Porém, este não é um fator isolado, sair do sedentarismo também é um ponto de extrema importância, que pode reduzir o risco, mesmo sem de fato pesar menos.

  • Muitos estudos mostram que dietas restritivas são insustentáveis com o tempo. E o desfecho acaba sendo o ganho de peso novamente. Além disso, a proibição alimentar pode gerar atitudes de compulsão e dificultar ainda mais o processo de emagrecimento.

  • Insira alimentos ricos em nutrientes, como frutas, cerais, verduras e legumes. Além disso, respeitar os hábitos alimentares fica mais fácil para manter uma alimentação mais balanceada.

  • Evite atitudes radicais, por exemplo, o exercício físico é fundamental para manutenção da saúde e pode auxiliar no processo de emagrecimento. Porém, antes de começar a exercitar-se, consulte o médico e um profissional de educação física. Comece aos poucos e evolua de acordo com a necessidade e individualidade.

E para finalizar, evitar comparações com outras pessoas, pois cada um tem a sua individualidade. Para isso, o profissional de Nutrição ajudará com a melhor estratégia para obter o resultado desejado.

Referências:

  1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed., 1. reimpr. – Brasília : Ministério da Saúde, 2014.

  2. Gautier JF, Chen K, Salbe AD, Bandy D, Pratley RE, Heiman M, et al. Differential brain responses to satiation in obese and lean men. Diabetes, 2000; 49, 838– 846.