Sabe - As vantagens em compartilhar uma refeição

As vantagens em compartilhar uma refeição

Quando falamos deste assunto, compartilhar as refeições, qual a primeira pergunta que vem à cabeça? “Sentar à mesa e ter um momento tranquilo com minha família para apreciar o almoço?”. Esse e outros questionamentos surgem com este assunto. Compartilhar as refeições com a família, amigos ou colegas de trabalho, tornou-se um evento cada vez menos presente em nossa realidade.

Com o crescimento econômico, maior inserção da mulher no mercado de trabalho e com mais atividades diárias, o hábito de sentar à mesa nas refeições, talvez tenha ficado um pouco no passado. Além disso, com as mudanças globais, nossos hábitos alimentares tenderam a seguir o mesmo rumo de transformação. Mas será que podemos resgatar esse costume?

A resposta é sim, devemos! Compartilhar as refeições é um ato extremamente benéfico do ponto de vista social e nutricional. E nos aspectos nutricionais, vamos listar aqui alguns fatores positivos ao sentar à mesa com uma companhia:

  1. Refeições compartilhadas são momentos importantes para ajudar no fortalecimento de laços entre as pessoas;

  2. As refeições feitas em conjunto propiciam um tempo maior para degustar e desfrutar deste momento;

  3. Comer em companhia, sem a TV por perto, em um ambiente agradável e amigável proporciona momento de prazer com a comida;

  4. Comer em lugar apropriados, nos ajuda na hora de escolher o alimento com calma e apreciar gostos e sabores;

  5. Além de comer em companhia, compartilhar o preparo das refeições é extremamente importante para divisão das tarefas também;

Como citado acima, talvez hoje em dia parar e ter um tempo maior para as refeições compartilhadas pode ser um desafio. Porém, sempre que puder aproveite as oportunidades e compartilhe esse momento em boa companhia, em um ambiente agradável, tranquilo e limpo. Desta forma, apreciar o alimento torna-se mais fácil e prazeroso!

Referências:

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed., 1. reimpr. – Brasília : Ministério da Saúde, 2014. 156 p.

Machado IK, Becker D, Campos DM, Wendt GW, Lisboa SM. Repercussões do cenário contemporâneo no ato de compartilhar refeições em família. Psicol. Argum. 2014; 32(76), 117-127.